Lobo-guará ganha livro com fotos e histórias
Publicado por: Adriano Gambarini. em 13 de dezembro de 2013.
Livro 'Histórias de um lobo' (Foto: Adriano Gambarini/Divulgação)

Livro ‘Histórias de um lobo’
(Foto: Adriano Gambarini/Divulgação)

Fonte: O eco

((o))eco tem a honra de ter entre seus colaboradores Adriano Gambarini, um dos mais reconhecidos fotógrafos brasileiros de natureza. E é com prazer que anunciamos sua mais nova realização: o livro Histórias de um lobo, escrito em parceria com o biólogo Rogério Cunha de Paula, cujo trabalho que já dura 15 anos com Lobos-guará da Serra da Canastra é reconhecido mundialmente.

Com prefácio do naturalista George Schaller, ícone da conservação, o livro une as imagens de Gambarini com o conhecimento científico de Rógerio para desmistificar o lobo-guará, que eles descrevem como um animal tímido, que se alimenta principalmente de frutos e, por isso, cumpre papel importante de dispersar sementes pelo Cerrado. Ameaçado de extinção, a espécie precisa ser mais apreciada e compreendida.

Guará significa vermelho em tupi. A obra traz 150 imagens desse lobo vermelho, de pernas finas e elegantes, que ocorre na América do Sul, principalmente no Cerrado brasileiro.

 

Sobre o livro:

título: Histórias de um lobo (167 páginas)

Autores: Rogério Cunha de Paula e Adriano Gambarini

Apoio: Lei de Incentivo à Cultura

 

Sobre os autores:

Rogério Cunha de Paula é biólogo, analista ambiental do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (CENAP), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio/MMA) e pesquisador associado da OSCIP Instituto Pró-Carnívoros. É Coordenador do Plano de Ação Nacional para a Conservação do Lobo-Guará pelo ICMBio e do Grupo de Trabalho para a Proteção do Lobo-Guará na América do Sul. Em 2012, foi apontado como um dos 40 heróis da conservação de todo mundo.

Adriano Gambarini é fotógrafo desde 1992, com experiência em documentação de expedições a regiões remotas. Um dos principais fotógrafos da National Geographic Brasil, é autor  de 12 livros de arte, entre eles Serra da Canastra e Natureza Conservação e Cultura. Finalista do Prêmio Jabuti 2012 com o livro Cavernas no Brasil, assina também os textos das obras Velho Chico, o Rio e Camboja.  Documenta lobos-guará na Serra da Canastra desde 1998.