52_Cópia de Sou Amigo do Lobo_final

 

 

O “Programa para a Conservação do Lobo-Guará – Lobos da Canastra” acumula 10 anos de pesquisas e ações práticas direcionadas à conservação do lobo-guará na região da Serra da Canastra, Minas Gerais. As ações em andamento buscam reduzir a pressão sobre a espécie em uma área que está sob conflito permanente, através de propostas diretas de mitigação de impactos, o aumento e disseminação do conhecimento sobre a espécie e a alteração da relação da população local sobre o lobo.

Com as ações do programa “Lobos da Canastra”, observa-se uma transformação na relação entre a comunidade local e a fauna. Os moradores da Canastra hoje conhecem e apreciam não apenas o lobo-guará, mas também outros animais que habitam esse pedaço do Brasil. A partir de 2007, a caça aos lobos foi praticamente erradicada na região.

Foto: Adriano Gambarini

Foto: Adriano Gambarini

Para acompanhar as atividades educacionais, foi lançado um projeto de conscientização dentro do programa Lobos da Canastra, “Sou Amigo do Lobo” que busca informar e envolver de toda a sociedade, não só os moradores da Serra da Canastra, na conservação da espécie. E a partir da disseminação de informações geradas pelo projeto, consigamos uma nova política de uso dos recursos naturais do Cerrado e consequentemente melhores condições de existência para o lobo-guará.

Desta forma, o trabalho realizado em Minas Gerais serve de modelo. Observa-se que as estratégias de promoção da participação comunitária já são adotadas também em outros locais de conflitos com a fauna. Pretende-se com o programa uma expansão ainda maior com o projeto “Amigo do Lobo”, inclusive em outros países. A partir dos resultados positivos do programa permite-se comprovar para uma população que a convivência pacífica com a fauna é possível. Em consequência dessa aceitação vem o mais importante: proteger a vida do lobo-guará e o Cerrado.

 

Foto: Adriano Gambarini

Foto: Adriano Gambarini