Foto: Adriano Gambarini

Foto: Adriano Gambarini

Normalmente a reprodução ocorre entre março e junho e o nascimento dos filhotes normalmente de maio a setembro. Podendo nascer até em outubro em casos extremos. A gestação dura de 60 a 65 dias, nascendo de 1 a 5 filhotes, apesar de existir relatos de nascimentos de 7 filhotes em cativeiro.

Para a parição, a fêmea identifica local ideal em matas, ou mesmo no capim mais alto. As tocas são “construídas” em arbustos densos ou campos limpos com grama alta moldada em uma galeria com túneis. Já foi observado também o uso de cupinzeiro abandonado como toca.

A ninhada é amamentada até os quatro meses de vida e até aproximadamente 8 meses os pais os alimentam por regurgitação. Os filhotes acompanham a fêmea (às vezes o macho também) e aprendem a caçar a partir de 3-4 meses. Os machos cooperam com as fêmeas no cuidado dos filhotes, apesar da fêmea fazer isso por mais tempo. Os jovens atingem a maturidade sexual com um ano de idade (fêmeas) e 2 anos (machos).

Foto: Adriano Gambarini

Foto: Adriano Gambarini