42_DSC0690

Os lobos tem marcações naturais que permitem saber quem é quem. Mas em alguns estudos, de comportamento por exemplo, que necessitam da confirmação rápida da identidade do animal, brincos de identificação são usados como marcadores visuais para observação a longas distâncias. Os brincos são aplicados seguindo uma coloração e numeração pré-determinada e um posicionamento na orelha de acordo com o sexo do animal. O local de aplicação é sempre higienizado com produtos específicos antes e depois da instalação prevenindo qualquer infecção ou infestação de parasitas.

Nos projetos de pesquisa com lobo-guará, os animais recebem esse brinco e nunca foi observado um processo inflamatório/ infeccioso/ parasitário no local do identificador. Também nunca foi observada nenhuma lesão que poderia comprometer a funcionalidade da orelha, pois a instalação segue um posicionamento cuidadoso que evita a ruptura de vasos.